Cromagem

Cromagem ou cromação é a aplicação de cromo (um metal de cor branca azulada e de grande resistência) pelo processo de eletrodeposição, pelo sistema de imersão, seguindo uma sequência de banhos eletrolíticos (com carga elétrica). Ou seja, o cromo é a última etapa de um processo.

Inicialmente os metais a serem trabalhados na cromação necessitam de banhos químicos de reparação (decapagem) e preparo, bastante fortes e agressivos, para retirar a cromação e metais de base desgastados ou apenas para preparar a peça em bruto. O processo envolve substâncias químicas, que trabalham a quente e são nocivas a saúde e ao meio ambiente, e exigem o cumprimento de legislações ambientais para poderem ser usados legalmente.

Para se ter uma ideia da técnica, imagine que uma pessoa leve um para-choques de ferro, com cromação antiga desgastada e pontos de ferrugem para ser cromada.
As etapas básicas seriam:

  • Decapagem do cromo velho;
  • decapagem do níquel;
  • decapagem do cobre;
  • polimento;
  • decapagem do ferro;
  • desengraxe químico;
  • desengraxe eletrolítico;
  • cobre alcalino;
  • cobre ácido;
  • níquel;
  • cromo.

Entre cada etapa, a peça ainda passa por um processo de lavagem e ativação.

No processo que executamos, temos condições de tratar qualquer peça cuja base seja material ferroso, além de peças em antimônio, zamac, latão e algumas outras ligas metálicas. 
Não cromamos alumínio.